Quinta-feira, 29 de Março de 2012

UMA QUESTÃO DE FORMAÇÃO

Foram onze anos a lidar directamente com os Árbitros de futebol e posso dizer que são pessoas extraordinárias no privado.

Muitos, enquanto apitam os jogos, colocam uma máscara para enfrentar o desafio que enfrentam. Entendo que a máscara seja importante, eu próprio, como jogador, era completamente diferente daquilo que era na minha vida privada, onde era húmilde e tímido. Mas em campo transformava-me noutra personalidade, cheia de vigor, coragem e sem medo do mundo - entenda-se, das camisolas. Dizia-se que era muito agressivo a jogar, mas a verdade é que terminava a época com apenas três ou quatro amarelos.

Portugal tem árbitros excelentes, dos melhores do mundo. Aliás, são convidados para apitar jogos no estrangeiro.

Estive durante a última semana no centro de formação de Chelsea e acompanhei todos os treinos da formação. Assisti, inclusivé, ao jogo para a atribuição dos terceiros e quartos lugares do torneio internacional jovem entre Liverpool e Marselha.

A título de exemplo, assisti a um treino de conjunto entre jovens ingleses sem fiscais de linha, e tiveram sempre como preocupação jogar e em nenhum momento se discutiu as decisões do árbitro. Trata-se de uma questão de cultura e essencialmente de formação.

Tenho assistido a alguns jogos das fases finais dos vários campeonatos de futebol jovem e em qualquer lance que suscite a mais pequena dúvida, é ver os jovens a seguir o exemplo dos seus bancos de suplentes a porem em causa a decisão do árbitro.

Penso que, em primeiro lugar devemos ter em relação aos jovens jogadores uma polítca pedagógica no sentido de lhes incutir comportamentos competitivos, obviamente, mas também comportamentos sociais indispensáveis ao exercício da actividade desportiva, mormente o respeito pelos adversários.

Comecei este texto invocando a minha experiência como agente desportivo e no meu banco de suplentes perguntavam muitas vezes de lado é que eu estava. E a resposta era sempre a mesma: Coloca-te do outro lado, ou seja, do lado do adversário e diz-me se é ou não é falta?

A resposta foi sempre surpreendente: Acho que sim.

Dito isto, resta dizer que é preciso que os agentes desportivos tenham a consciência das limitações das suas equipas, mas também é preciso que antes de qualquer declaração, se coloquem na posição dos adversários e se questionem se era ou não falta.

Se todos fizerem este exercício, que é fácil, verificarão que temos excelentes árbitros.

Chega de desculpas com a arbitragem, quando na maior parte das vezes deviam era pedir responsabilidades aos vossos profissionais.

Tenho dito.

 

publicado por bebianogomes às 18:59
link do post | comentar | favorito
|
2 comentários:
De Carlos Vieira a 15 de Abril de 2012 às 16:26
Ser arbitro nunca foi fácil, muito menos hoje em dia. No campo as decisões têm que ser tomadas ao segundo, e depois as televisões passam horas a analisar os lances com vários ângulos, câmara lenta, etc E mesmo assim em muitos lances há opiniões divergentes.

Só isto já diz tudo.


De bebianogomes a 15 de Abril de 2012 às 21:42
Tem toda a razão. A sua versão é apenas mais um aspecto a ter em conta.
Devo acrescentar que, nos lances polémicos os comentadores dificilmente têm uma posição clara na primeira repetição. Esclarecedor.


Comentar post

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Maio 2017

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
11
12
13

14
15
16
17
18
19
20

21
22
23
24
25
26
27

28
29
30
31


.posts recentes

. Responsabilidade Repartid...

. Bijagós - PARAÍSO DESCONH...

. 2017

. FELIZ NATAL

. 3 a 3

. QUEM PARTE E NÃO FICA COM...

. TEMPO DE CROMO

. LIGAS EUROPEIAS

. MANGA DA GUINÉ

. HUMILDADE

.arquivos

. Maio 2017

. Março 2017

. Dezembro 2016

. Novembro 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Maio 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Agosto 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Abril 2011

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Fevereiro 2010

. Novembro 2009

. Julho 2009

. Maio 2009

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

.tags

. todas as tags

.links

.Visitante n.º

Custom essays and terms papers help you ace your college work.
blogs SAPO

.subscrever feeds