Domingo, 12 de Fevereiro de 2012

Para que serve a política?

«Para que serve a política? Para diminuir a margem de incerteza e a carga

trágica da vida humana.

Uma vida que é sempre feita com os outros - a seu lado ou em conflito

com eles -, como bem compreenderam os Gregos da Antiguidade.

Esta é a resposta mais essencial, mas também a mais problemática na

medida em que não faltam exemplos, sobretudo na história moderna e

contemporânea, de situações em que decisões políticas, não só não estiveram

a altura da tarefa de diminuir os enormes riscos inerentes à existência humana em sociedade,

como, pelo contrário, acabaram por precipitar e ampliar desfechos trágicos e enorme dimensão colectiva...»

 

Viriato Soromenho - Prefácio à obra de José Gomes André, Razão e Liberdade sobre o Pensamento Político de James Madison

publicado por bebianogomes às 22:38
link do post | comentar | favorito
|
Sábado, 11 de Fevereiro de 2012

COESÃO

«A árvore se inclina sobre o lago e o seu reflexo não é árvore:

é como a palavra que reproduz o pensamento.

A palavra é o dom dos profetas, mas o pensamento é o dom de todos os homens.

Por isso não adianta esperar que o reflexo na água nasça sem que a árvore cresça também.

Para aprender todas as palavras da sabedoria é necessário que o pensamento se torne maior que as próprias palavras...»

publicado por bebianogomes às 23:56
link do post | comentar | favorito
|
Sexta-feira, 10 de Fevereiro de 2012

CORAGEM

"VIVER INTENSAMENTE COMPENSA TODO

O ESFORÇO E QUASE TODO O SACRIFÍCIO.

VIVER A MEIAS SEMPRE FOI A FUNÇÃO

E O CASTIGO DOS MEDÍOCRES.»

publicado por bebianogomes às 21:56
link do post | comentar | favorito
|
Quinta-feira, 9 de Fevereiro de 2012

AMBIÇÃO - COM UNHAS E DENTES

«ESTAR VIVO/ É ABRIR UMA GAVETA/ NA COZINHA.

TIRAR UMA FACA DE CABO PRETO/DESCASCAR UMA LARANJA.

VIVER É OUTRA COISA:

DEIXAR A GAVETA FECHADA/ E ARRANCAR TUDO

COM UNHAS E DENTES/ O SABOR AMARGO DA CASCA

DE TÃO DOCE/ NÃO O ESQUECES»

Luís Filipe Parrado

com unhas e dentes

publicado por bebianogomes às 17:56
link do post | comentar | favorito
|
Quarta-feira, 8 de Fevereiro de 2012

"Novo" Cabo das Tormentas

"Sei muito bem o que quero w para onde vou"

Estas são as palavras de Oliveira Salazar em 27 de Abril de 1928.

Portugal atravessava uma fase difícil e no discurso de posse podemos encontrar algumas semelhanças com a situação actual.

Transcrevo o discurso e penso que existem elementos que se cruzam e que não podem ser ignorados pelo actual Governo.

Sublinhado nosso

Depois dos agradecimentos, dizia Oliveira Salazar o seguinte:

Não tomaria, apesar de tudo, sobre mim esta pesada tarefa, se não tivesse a certeza de que ao menos poderia ser útil a minha acção, e de que estavam asseguradas as condições dum trabalho eficiente. V. Exa. dá aqui o testemunho de que o Conselho de Ministros teve perfeita unanimidade de vistas a este respeito e assentou numa forma de óptima colaboração com o Ministério das Finanças sacrificando mesmo em alguns casos outros problemas à resolução do problema financeiro, dominante no actual momento.

Este método de trabalho reduziu-se aos pontos seguintes:

a) que cada Ministério se comprometa a limitar e a organizar os seus serviços dentro da verba global que lhes seja atribuída pelo Ministério das Finanças;

b) que as medidas tomadas pelos Ministérios com repercussão directa nas receitas ou despesas do Estado, serão previamente discutidas e ajustadas com o Ministério das Finanças;

c) que o Ministério das Finanças pode opor o seu "veto" a todos os aumentos de despesas corrente ordinária, e às despesas de fornecimento para que se não realizem as operações de crédito indispensáveis;

d) que o Ministério das Finanças se compromete a colaborar com os diferentes Ministérios nas medidas relativas a reduções de despesas ou arrecadações de receitas, para que se possam organizar, tanto quanto possível, segundo critérios uniformes.

Estes princípios rígidos, que vão orientar o trabalho comum, mostram a vontade decidida de regularizar por uma vez a nossa vida económica nacional.

Debalde porém se especiais que unilateralmente, por efeito da varinha mágica, mudassem as circustâncias da vida portuguesa. Pouco mesmo se conseguiria se o País não estivesse disposto a todos os sacrifícios necessários e a acompanhar-me com confiança na minha honestidade e confiança absoluta mas serena, calma, sem entusiasmos exagerados nem desânimos depressivos.

Eu o elucidarei sobre o caminho que penso trilhar, sobre os motivos e a significação de tudo que não seja claro de si próprio; ele terá sempre ao seu dispor todos os elementos necessários ao juízo da situação.

Sei tudo o que quero e para onde vou, mas não se exige que chegue ao fim em poucos meses. No mais, que o País estude, represente, reclame, discuta, mas obdeça quando se chama à altura de mandar.

A acção do Ministério das Finanças será nestes primeiros tempos quase exclusivamente administrativa, não devendo prestar larga colaboração ao Diário do Governo. Não se julgue porém que estar calado é o mesmo que estar inactivo.

Agradeço a todos as pessoas que quiseram ter a gentileza de assistir à minha posse a sua amabilidade. Asseguro-lhes que não tiro desse acto vaidade ou glória, mas aprecio a simpatia com que me acompanham e tomo-a como um incentivo mais para a obra que se vai iniciar.

publicado por bebianogomes às 20:52
link do post | comentar | favorito
|

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Maio 2017

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
11
12
13

14
15
16
17
18
19
20

21
22
23
24
25
26
27

28
29
30
31


.posts recentes

. Responsabilidade Repartid...

. Bijagós - PARAÍSO DESCONH...

. 2017

. FELIZ NATAL

. 3 a 3

. QUEM PARTE E NÃO FICA COM...

. TEMPO DE CROMO

. LIGAS EUROPEIAS

. MANGA DA GUINÉ

. HUMILDADE

.arquivos

. Maio 2017

. Março 2017

. Dezembro 2016

. Novembro 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Maio 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Agosto 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Abril 2011

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Fevereiro 2010

. Novembro 2009

. Julho 2009

. Maio 2009

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

.tags

. todas as tags

.links

.Visitante n.º

Custom essays and terms papers help you ace your college work.
blogs SAPO

.subscrever feeds