Sábado, 24 de Abril de 2010

PREPARADOR FÍSICO

Existem, ainda hoje, equipas de futebol ditas profissionais a trabalhar os aspectos físicos dos jogadores com total impirismo.

Alguns treinadores fazem o que lhes parece mais correcto, somando um pouco de tudo do que viram fazer ao longo de suas carreiras.

Em dez anos como Director Desportivo já vi de tudo. Já vi equipas técnicas com um prepador físico conseguirem bons resultados desportivos e a equipa de futebol a demonstrar excelente condição fisica ao longo da época.

Mas também é verdade que houve equipas técnicas sem preparador fisico, em que o treinador não tinha formação nessa área do saber e conseguiram bons resultados.

Afinal, em que ficamos?

À primaira vista, parece não ser necessário um preparador físico. Será assim?

Penso que não!

O mais dificil foi encontrar uma equipa técnica sem preprador físico repetir em duas épocas consecutivas bons resultados nos aspectos físicos da preparação. Porque, a dificuldade coloca-se quando existem quebras de rendimento em determinados momentos. Como resolver?

É nestas alturas que surgem os problemas. Só se consegue resolver quebras de rendimento nas equipas se dominarmos a matéria. Ou seja, impõe-se saber a origem do problema.

Na verdade, não sabendo a origem do problema, também de certeza que não saberemos como solucionar.

Porque, quando se trabalha de forma ímpirica, não só no futebol, mas em todas as áreas de actividade, é preciso muita sorte para se repetir os êxitos conseguidos, porque simplesmente não sabem como lá chegaram. E quando tentam repitir a mesma receita, normalmente sai furada.

Fazem assim porque acham que é o mais certo. Fazem da mesma forma porque ao longo das suas carreiras como jogadores resultou com determinados treinadores e pensam que essa fórmula resultará também com eles.

O futebol, hoje, não se compadece com amadorismos.

Quem investe milhares de euros na construção de uma equipa de futebol não pode e nem deve permitir amadorismos.

Ser treinador de futebol exige muito mais do que ter o nível exigido para o exercício da actividade.

Exige muito mais saber do que as "PENEIRAS".

 

publicado por bebianogomes às 22:24
link do post | comentar | favorito
|
Segunda-feira, 12 de Abril de 2010

Norton da Guiné

A notícia da contratação de Norton de Matos, a confirmar-se para seleccionador da Guiné Bissau, foi um sinal, para mim, de que o país finalmente começa a perceber qual o caminho para o seu desenvolvimento. Estou duplamente feliz. Primeiro, pela consciência aqui demonstrada; segundo, por ter sido um português.

A Guiné é um país, ao contrário do que se pensa, rico... em bauxita, petróleo, ilhas - paradisíacas - chamadas Arquipélago dos Bijagós (que convido, desde já, quem tiver oportunidade, a visitar), é ideal para caça, também e possui, ainda, uma das bacias hidrográficas mais ricas do mundo; é, no fundo, um país com menos de dois milhões de habitantes, que merece muito melhor do que a sorte lhe tem reservado.

Esta aposta no futebol deve ser seguida nos outros ramos de actividade para que o país, de uma vez por todas, vislumbre o caminho do sucesso para o seu povo.

Quando ouvi o ex-representante da RTP na Guiné, pessoa conhecedora daquela realidade, a dizer que um alto representante do país, numa reunião ao mais alto nível, não foi capaz de articular uma palavra que fosse na língua oficial, deu mais uma razão para reforçar a ideia de que todas as estruturas, inclusivamente as estatais, têm de sofrer uma reforma profunda.

Os países crescem, apostando na qualidade.


publicado por bebianogomes às 21:03
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
|
Quarta-feira, 7 de Abril de 2010

Futebol Profissional!?

O Penafiel conseguiu, este fim-de-semana, garantir praticamente a manutenção na Liga Vitalis.

Para uma equipa projectada e formada para jogar na II Divisão, não deixa de ser meritório esta façanha.

O objectivo manutenção, no quadro de grande crise financeira dos clubes, cujas receitas nem sequer dão para pagar o policiamento, é meritório em primeiro lugar para o nosso líder, António da Silva Gomes e em segundo aos jogadores e equipa técnica.

O Penafiel tem um grupo forte, unido e personalizado.

É com estes ingredientes que vamos atingir o objectivo.

O Penafiel é dos poucos clubes da Liga Vitalis que à data cumpriu as suas obrigações contratuais, pagando a tempo e horas aos seus profissionais.

Chamar à Liga Vitalis um campeonato profissional é um exagero!

Mas, quem vier a ser eleito para a Liga deve ter a coragem de assumir um apoio inequívoco aos clubes da Liga Vitalis. Desde logo, as receitas das transmissões televisivas devem ser repartidas a exemplo daquilo que se pratica quer em Inglaterra, quer em Espanha, que representam o topo do futebol Europeu (e Mundial). São estes exemplos que o futebol português e principalmente o novo líder da Liga deve assumir, à partida, para, no meu entender, garantir o recomeço para o progresso. Outro aspecto fundamental seria, numa Assembleia Geral, acabar com as desigualdades do poder de voto das equipas da Liga Sagres, cujos votos valem a dobrar em relação às equipas da Liga Vitalis. Esta última afirmação encerra em si mesma o travão ao desenvolvimento do futebol. Porquanto, aqueles, com este poder de voto, inibem, claramente, (travam!) aquilo que deveria ser o tratamento igualitário de todas as equipas do dito Futebol "Profissional". Se não, vejamos:

As equipas da Liga Sagres, à excepção dos três grandes (e mais duas ou três), pensam que se manterão eternamente na Liga Sagres. Enganam-se! Só às portas da Liga Vitalis e a necessitar das receitas para sobreviver perceberão a injustiça cometida enquanto estiveram no topo.

Chegou o momento de os clubes da Liga Vitalis se fazerem representar na direcção da Liga e na sua estrutura por pessoas conhecedoras da realidade, com experiência no terreno, para ajudarem ao seu crescimento.

 

 

Será que os clubes

publicado por bebianogomes às 22:20
link do post | comentar | favorito
|

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Maio 2017

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
11
12
13

14
15
16
17
18
19
20

21
22
23
24
25
26
27

28
29
30
31


.posts recentes

. Responsabilidade Repartid...

. Bijagós - PARAÍSO DESCONH...

. 2017

. FELIZ NATAL

. 3 a 3

. QUEM PARTE E NÃO FICA COM...

. TEMPO DE CROMO

. LIGAS EUROPEIAS

. MANGA DA GUINÉ

. HUMILDADE

.arquivos

. Maio 2017

. Março 2017

. Dezembro 2016

. Novembro 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Maio 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Agosto 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Abril 2011

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Fevereiro 2010

. Novembro 2009

. Julho 2009

. Maio 2009

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

.tags

. todas as tags

.links

.Visitante n.º

Custom essays and terms papers help you ace your college work.
blogs SAPO

.subscrever feeds